Preloader logo

5 dicas para decidir abrir ou não abrir as áreas comuns do condomínio

A pandemia da Covid-19 ainda não acabou! Em muitos lugares do país, como no estado de São Paulo, por exemplo, as regras começaram a se flexibilizar recentemente, conforme o número de casos da doença vai diminuindo. Por isso, muitos síndicos tem dúvidas sobre quando é a hora de abrir as áreas comuns dos condomínios ou de que forma elas podem ser liberadas.

Pensando nisso, o Grupo Apec separou cinco dicas para você ponderar e colocar na ponta do lápis para saber se vale a pena ou não abrir as áreas comuns, olha só:

1) Observe como os moradores se comportam

Observe se os seus moradores respeitam ou não as regras sanitárias no dia-a-dia. Condôminos mais conscientes normalmente não precisam de regras tão rígidas ou de zeladoria tão constante. Se você avaliar necessário, convoque uma assembleia e coloque o assunto da liberação das áreas comuns do seu condomínios em votação.

2) Avalie suas áreas fechadas

Áreas fechadas que tem maior possibilidade de aglomeração e festividade devem permanecer fechadas ou liberadas para uso individual. Mesmo com as liberações do governo de cada cidade, o bom senso ainda deve prevalecer para evitar a propagação do vírus e das novas cepas.

3) Conscientize sobre lotações e regras

Decidiu abrir? Então invista em conscientização. Coloque cartazes, envie e-mails e mantenha a zeladoria de olho se todos os moradores estão seguindo as regras ou não. É importante frisar que, quanto mais os moradores seguem as normas impostas, mais flexíveis podem ficar as regras de segurança.

4) Atenção especial para moradores com problemas de saúde

Moradores com comorbidades e problemas de saúde devem continuar se preservando, mesmo com a liberação das áreas comuns. Nesse ponto, o bom senso deve estar em primeiro lugar para que a segurança de todos os condôminos seja a prioridade.

5) Acompanhe os casos da sua cidade

Além de acompanhar os casos do condomínio, o síndico deve acompanhar o número de casos de toda a cidade. Liberar as áreas de uso comum deve ser uma orientação diária ou semanal, já que, na primeira constatação do aumento de infectados, seja na cidade ou no condomínio, as regras podem ser alteradas e até mesmo, revogadas para a interrupção do uso.

O Grupo Apec se preocupa com a sua segurança e de sua família há mais de 15 anos. Seja monitoramento ou seja coronavírus, a nossa preocupação nunca descansa! Precisa de uma mãozinha para melhorar sua segurança? Entre em contato conosco e solicite uma visita sem custos e sem compromisso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

div#stuning-header .dfd-stuning-header-bg-container {background-image: url(https://www.grupoapec.com.br/wp-content/uploads/2016/07/pexels-photo-24464-1.jpg);background-size: cover;background-position: center center;background-attachment: scroll;background-repeat: no-repeat;}#stuning-header div.page-title-inner {min-height: 550px;}
Chat | Grupo Apec
Solicite um orçamento